quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O Daniel Lucas aos 18 meses

Adora água, é mesmo Aquário (ninguém me convence que se chama signo do ar), água no banho, água na piscina, água na praia, água a lavar as mãozinhas no lavatório, água na cara do spray refrescante (sei lá!);

Adora bolas e bolinhas para brincar, de todos os tamanhos e materiais, e rouba-as no jardim e na praia, e assim conhece outros meninos;

Prefere meninas mais velhas, a sua primeira paixão é a Madalena, colega na Ama, que vai em Setembro para a escola;

Não anda, corre;

Corre descalço pela relva fora;

Saltita quando corre e até as bochechinhas abanam;

Corre tão depressa que fecha os olhinhos;

Entretém-se muito com os seus livrinhos;

Faz pose para a fotografia, o vaidoso;

Já gosta de andar com óculos de sol;

Sorri para toda a gente;
mas parece ter pavor que lhe levem a Mamã ou o Papá, donde, choradeira que por vezes afugenta amigos e conhecidos;

Ri-se com os disparates e as figuras tristes que fazemos, e que repetimos para o ver rir mais, como diz a Ana, «é mesmo menino»;

Come sozinho e faz hum-hum, nham-nham;

Gosta de animais – o cão dos avós, a gata da Filó, todos os que veja na rua;

Entrou na montra de uma loja de puericultura para espreitar o manequim infantil que estava lá sentado;

Levanta-se da base do escorrega sem pôr as mãos no chão;

Levanta os bracinhos e diz Eehhhh quando entende que fez uma proeza;

Quer calçar as peuguitas, lavar-se com a esponja no banho, descalçar os sapatos, subir as escadas;

Gosta de brincar às escondidas;

Canta e dança com grande satisfação;

«Fala ao telemóvel» com pausas e aparentes modulações de voz;

Pega nos telecomandos, e noutros objectos que lhe pareçam adequados, e mexe neles como se telecomandos fossem, apontados para a televisão;

Mede 80 cm, acho que pesa menos de 15 kg, e tem 12 dentinhos;

Compreende a mesma ideia em duas línguas;

Está neste momento com o Papá e a Bisavó no Alentejo.

1 comentário:

Maria Calais Pedro disse...

Minha linda, um dia o Lucas vai ler isto e vai adorar saber destas coisas. Sim, porqur se nao for atraves dos blogues e afins, provavelmente, nos maes ocupadas e trabalhadoras, ja nao nos lembraremos de muito. Falo por mim que ja nao tenho a memoria que tinha. Beijinhos e continua assidua nas lides bloguianas.